Endodontia


É a especialidade responsável pelo tratamento das doenças da polpa do dente, popularmente conhecida como "Desvitalização".

No tratamento endodôntico, é feita a remoção do tecido mole que se encontra na parte mais interna do dente e que recebe o nome de polpa. Essa pode estar sã ou infetada e, ao ser removida, é substituída por um material artificial.

Um dos sintomas mais característicos é a dor espontânea, isto é, o dente começa a doer sem estímulo, de forma latejante. Nesse caso, a polpa ainda está viva, porém inflamada, e o uso de analgésicos não resolve. Quando há morte da polpa, a dor é bem localizada, havendo a sensação de "dente mais alto" e dor ao mastigar.

Quando o tratamento endodôntico não é realizado, pode desenvolver-se uma lesão na região apical (ponta da raiz) a qual acarretará consequências mais sérias, como: dor intensa, edema (abcesso), febre entre outros sintomas.

Se se tratar as cáries precocemente poderemos evitar a endodontia, poupando assim sofrimento, tempo e dinheiro.